sábado, outubro 24

Labrego: Introdução

O Labrego. A língua oficialmente não-oficial de Portugal. Todos sabemos que em Portugal se fala Português, faz sentido. Também se fala Mirandês, mas é uma minoria. Aquilo que todos sabemos, mas não nos apercebemos, é que existe uma terceira língua, falada por 90% da população portuguesa no dia-a-dia. É o Labrego.

Esta língua oficialmente não-oficial, é, basicamente, constituída por uma série de deturpações (no melhor sentido, claro está) da nossa língua original. Mistura-se algumas coisas novas de outras línguas, vai-se buscar uma pitada de português antigo, e junta-se-lhe uma grande dose de absurdo, e pimba, temos o Labrego.

Ora, o que é que é preciso saber sobre o Labrego... Antes de mais, que facilmente se confunde com o Português, pois em grande parte, o Labrego não passa de uma série de erros em Português. Que todo aquele que fala Português, consegue perceber a maioria do Labrego, e que todo aquele que fala Labrego, não conhece o Português. Ou se conhece pensa que é algum partido pequeno e obscuro.

Bem, eu vou ensinando algumas coisas de Labrego, para aqueles que gostam de estudar línguas, para aqueles que têm curiosidade em conhecer aquilo que já conhecem mas não reparam, ou para aqueles que gostam de gozar com as coisas. É o meu caso, ficam já a saber.

5 comentários:

Arisu disse...

Cinceramente axo que fases muito bém! Ficu à expera deças aulas!

Rui Bastos disse...

Tu já aprendeste bem a lição xD

M. à conversa disse...

Finalmente um post como devii serii!

Labrega de Viana do Castelo disse...

Eu não perxebi muinto do que o xenhore escreveu aqui mas axo que ta bónito, tá bónito.

Rui Bastos disse...

Só agora é que é como deve ser? :O

E Sr. Labrega, não percebeu, mas depois percebe xD