quarta-feira, junho 24

A Preguiça


Pode ser um animal. Um grande animal, tenho que dizer. Não por ser grande, pois não é muito grande, mas por ser um animal que eu admiro, um animal espectacular. Basicamente é um animal preguiçoso. Logo aí ganha pontos. Ou achavam que se chama 'Preguiça', por ter sido descoberto por Robert Preguiça? Nah, chama-se mesmo 'Preguiça' por ser um animal preguiçoso. Mexe-se devagar, muito devagar, tem um metabolismo lento, e dorme em média, 14 horas por dia. Um espectáculo de bicho, tenho que admitir.

Mas a preguiça, do ponto de vista religioso, é um pecado mortal! É daqueles que nos dá um bilhete expresso para o Inferno! Até tremo. Ou não. Todos somos preguiçosos, ou temos momentos de preguiça. As religiões também são preguiçosas. Criaram cada uma o seu Deus, que criou o mundo num estalar de dedos, com preguiça de andarem à procura de uma explicação decente. Para tudo o que não temos resposta, há alguma religião que diz 'Foi Deus!', e fica explicado. Claro que cada religião apregoa que foi o seu Deus, por isso ficamos um bocado na dúvida...

Já segundo os médicos, pode não ser preguiça, mas ergasiofobia. O medo de trabalhar. O pavor a qualquer tipo de actividade. A minha opinião? Desculpas. Preguiça é o medo de trabalhar e o pavor a qualquer tipo de actividade. Os médicos quiseram foi arranjar uma palavra nova.

Para os psicólogos pode ser um comportamento que bla bla bla. Vou ser sincero, não gosto de psicólogos nem psiquiatras nem afins, por isso nem quero saber o que é que eles acham da preguiça. Ainda me dizem que é uma manifestação subconsciente no meu comportamento, como reflexo de comportamentos reprimidos pelo meu consciente. Tanta coisa para dizerem que somos preguiçosos...

Filosoficamente, deve ser uma atitude perante a vida, uma forma de encarar a vida, e aquilo que nos dá prazer. Talvez uma constante busca pelo prazer e o bem estar. Sem nos mexermos mais do que o necessário, claro.

Já segundos os professores e algumas pessoas mais velhas, a preguiça é coisa dos fracos e dos maus. São os molengas, os pastelões, os atadinhos, os atrasadinhos, os calões. Não me afecta. Chamem-nos o que quiserem. A preguiça para retaliar é muita.

Agora, o que é para mim a preguiça... Eu acho que a preguiça é, depois de escrever isto tudo, querer dar uma explicação nossa, e adivinhem? Estar com preguiça de o fazer. Aquela coisa do querer, mas não me apetecer. Isto sim, é a preguiça.

4 comentários:

Beky disse...

Epa, a tua preguiça também pode ter origem na tua falta de memória... esqueces-te do que ias fazer... :P

By A. disse...

Colega, quando formos lá à baixa vou levar-te à estátua da "perguiça" e contar-te a historia!

Rui Bastos disse...

Beky, olha que às tantas tens razão xD

A., há uma estátua da preguiça? O.O

Arisu disse...

Se há!