sexta-feira, maio 1

Feira do Livro

Aquilo ainda é grande. Muitas bancas com livros, mas mesmo, mesmo muitas. Uma das primeiras coisas que vi quando lá cheguei foi um homem a espirrar. Nada de especial, certo? ERRADO! O homem espirra e sai-lhe ranho do nariz. Mas carradas de ranho! Um bocado cai no chão, outro cai-lhe nas calças, e outro fica pendurado na mão dele. Ainda por cima tinha aquele aspecto de... de... de ranho, todo ele verde e amarelo, e assim para o viscoso...

Chega de ranho, vamos ao que interessa, livros! Era o que ali não faltava, e ainda por cima (relativamente) baratos. Eu pelo menos, comprei 5, e gastei 40 e poucos euros. Aqui há tempos na Fnac, comprei 4 e gastei 60 euros... Não havia aquele que eu mais queria, 'O Fado da Sombra' de Filipe Faria, o sexto volume das Crónicas de Allaryia, mas havia outros igualmente interessantes.

Com isto tudo esqueci-me de uma coisa importantissima! Assim que saio do metro o que é que eu vejo? Revolucionários! Não sei contra quem ou o quê, nem a favor de quem ou o quê eram, mas eram revolucionários. Uma qualquer manifestação programada para complicar o trânsito, criar alguma poluição sonora, e chatear as pessoas que só queriam ver livros em paz e sossego.

Ainda na na feira, havia por lá vários autores a autografar livros, e de interesse só vi a Rosa Lobato Faria (que está a ficar velha, mas velha) e o José Rodrigues dos Santos (que está a ficar careca, mas careca). Vi também no calendário que o Filipe Faria vai lá estar na Terça-Feira a autografar livros. Tenho pena de não poder ir, por acaso.

O que eu também vi foi umas 50 versões do livro 'Mensagem' do Fernando Pessoa. É que já estava farto de ver aquilo! Mas pronto, correu tudo bem, comprei uns quantos livros e nem gastei lá muito, andei como o caraças e as minhas pernas tão-me a matar, mas no geral, correu bem.

P.S. - E assim acaba o meu 100º post! Que curiosamente é sobre livros...

3 comentários:

By A. disse...

Nao se anda assim tanto ó perguiçoso...

Rui Bastos disse...

ah pois não xD

Paola Sophie disse...

Feira do Livro é mesmo fixe, alem que aquela parte do ranho, despensa-se xD