quarta-feira, maio 27

Kôt

Kôt, um grande livro de Rafael Ábalos, o autor de Grimpow, outro grande livro. Kôt conta 3 histórias completamente distintas umas das outras, e que lentamente se vão juntando e interligando. Dum lado seguimos a história de Walter Stuck, um assassino, grão-mestre de uma diabólica seita secreta , chamada Kôt, que é um código para Gótico, e a sua procura pela Essência do Mistério. Do outro seguimos a história de dois adolescentes sobredotados, Nicholas Kilby e Beth Hampton, participantes na EEJA, a Escola Experimental de Jovens Astronautas, um projecto de Kenneth Kogan, enquanto jogam o jogo dos mistérios infinitos, para chegarem à Essência do Mistério. Por fim, na terceira história, temos Aldous Fowler, um detective de homicídios, a investigar, juntamente com a Tenente Taylor, do FBI, o caso do Prestidigitador, um assassino que mata talentosos cientistas.

O interessante, além dos vários códigos encontrados por Nicholas e Beth, é a forma como as histórias se cruzam. Descobrimos que tanto Walter, como Nicholas e Beth, estão atrás da Essência do Mistério; que Walter é o Prestidigitador, o assassino procurado por Aldous; que Walter casa com Susan Gallagher, a "irmã" de Aldous (não é irmã, é irmã gémea do melhor amigo de  Aldous, que é assassinado quando eram novos, passando assim Susan a ver Aldous como irmão e vice-versa); que Nicholas e Beth descobrem coisas que ajudam o caso de  Aldous; quando Aldous descobre a Fundação Universo, um grupo de cientistas que está a ser morto por Walter , e que está na base do jogo dos mistérios infinitos de Nicholas e Beth.

Enfim, isto emaranha-se tudo, é giro. No final, Walter , com os seus capangas, rapta Nicholas e Beth e os mantém prisioneiros, Susan descobre a verdadeira identidade de Walter , e foge, encontrando a polícia, que cercou a casa de Walter. Este desiste, cortando a sua própria cabeça com uma guilhotina, e Nicholas e Beth são soltos. Claro que no meio disto tudo há alguma porrada, principalmente virtual, e uma coisa estranha. Transferência de mentes, é muito estranho mesmo. Antes da pessoa morrer, metem-lhe umas agulhas pelos olhos e lêem-lhe a mente, sugando-lhe o cérebro de seguida, preparando-se para transferir essa mente para outro corpo.

Excelente, uma história complexa, com muitas coisas emaranhadas, mas excelente.

1 comentário:

By A. disse...

Li o Grimpow e nao gostei assim muito...