segunda-feira, março 30

Puro Nonsense

Nunca percebi isto do nonsense. O primeiro contacto com esta palavra foi no 7º ano, quando me pediram para fazer limericks. Como devem estar a fazer neste momento, também eu perguntei: "O que raio é um limerick?".

A resposta foi: "São cinco versos, em que o 1º rima com o 2º, o 3º com o 4º, e o 5º com o 1º e 2º, escritos em total nonsense". Mais uma vez, do alto da minha ignorância de 7º ano: "O que raio é o nonsense?". Desta vez a resposta foi mais elaborada: "É algo que não faz sentido." Ok, talvez não tenha sido assim muito elaborada, mas foi, digamos, complicada de perceber. Como é que me podiam estar a pedir para escrever alguma coisa que não faz sentido? Isso ia contra tudo o que tinha aprendido até ali!

Mas pronto, com algum esforço, lá saiu qualquer coisa. Claro que isto sempre me ficou na cabeça. Escrever algo que não faz sentido... Mas, com o tempo, passou-me. Até que tive mais contactos com o nonsense. Pintores que pintam coisas em nonsense, escritores que escrevem coisas em nonsense, poetas que rimam em nonsense, comediantes que fazem rir em nonsense, pessoas que pensam em nonsense... Era tudo demais para mim! Pesquisei nonsense em vários dicionários, e todas as definições me dizem que nonsense é algo sem sentido, algo sem nexo, algo que pura e simplesmente não faz sentido.

Isto baralhou-me claro. Para que é que, nós, portugueses, havíamos de trazer uma palavra estrangeira para uma coisa para a qual temos nome? Não faz sentido. Como é que é possível pedirem-nos na escola para fazer coisas em nonsense, ou seja, sem sentido? Também não faz sentido. Como é que algo que não faz sentido pode ter uma definição? Não faz sentido! Nada disto faz sentido, a própria definição de nonsense não faz sentido. Dar uma definição a algo que não faz sentido é puro nonsense! O nonsense É nonsense, a sua definição É nonsense, e tudo em que seja usado É nonsense.

Ainda não consegui perceber isto. Não, calma, acho que já. A definição de nonsense é nonsense, certo? Então... pois, já percebi! Simplesmente não faz sentido. Simplesmente É nonsense.

4 comentários:

André Pereira disse...

Muito bem! Gostei desta tua observação! Continua.

Grande abraço

Rui Bastos disse...

Ah, obrigado! Os meus dilemas existenciais são estranhos xD

By A. disse...

"Mais uma vez, do alto da minha ignorância de 7º ano"

Desculpa, mas não consegui evitar dizer que me fartei de rir dessa frase. Não me pronuncio mais quanto a isso =l

Anónimo disse...

epah, do que tu te foste lembrar . já nem me lembrava dessa treta do limerick xD

ass.: inês paulo